Home / Cinema /

Dia de 13 de abril vamos cantar os Parabéns ao Cineclube do Porto

Dia de 13 de abril vamos cantar os Parabéns ao Cineclube do Porto

Mídia Kit Blog Mundo de Cinema
 

Em Abril, o Cineclube do Porto faz 73 anos e preparou uma programação especial.

Para além da programação regular, o Cineclube do Porto preparou uma Sessão Especial de aniversário e um Workshop sobre a Nouvelle Vague.

O Clube Português de Cinematografia – Cineclube do Porto (CPC-CCP) é, como todos os Cineclubes, uma associação cultural sem fins lucrativos cujo objetivo principal é a divulgação do cinema. É uma sociedade de espectadores que gosta de ver, discutir e refletir sobre cinema e que se organiza para partilhar essa experiência com outros, ou seja, um grupo que reconhece na experiência do visionamento do filme em sala a existência plena do cinema – o cinema no seu lugar próprio.

Fundado a 13 de Abril de 1945 por Hipólito Duarte, o Cineclube do Porto foi o primeiro cineclube do país. Sobre a criação do Cineclube do Porto, sabe-se que a sua designação inicial foi Clube Português de Cinematografia e que foi criado na sequência de um grupo organizado por Hipólito Duarte no liceu Alexandre Herculano, no Porto.

O CPC-CCP exibe, desde 2013, duas vezes por semana na Casa das Artes. Atualmente às Quintas-feiras às 21.30 e aos Sábados às 18h. O CPC-CCP organiza também regularmente sessões especiais, filmes-concerto, oficinas, exposições e publicações. Perante todo este património cultural ativo falamos recentemente com Joana Canas Marques, Presidente da Direção do CPC-CCP, para entender qual o rumo desta instituição histórica.

CLIQUE AQUI PARA LER ENTREVISTA COMPLETA

WORKSHOP: NOUVELLE VAGUE | 21 e 22 e abril 2018

Nouvelle Vague é dos movimentos cinematográficos mais conhecidos da história do cinema e um dos que mais influenciou novas gerações de cineastas e cinéfilos.

Trouxe-nos realizadores como Jean-Luc Godard, François Truffaut, Claude Chabrol, Agnès Varda entre tantos outros.

O Cineclube do Porto,  em parceria com a Direção Regional de Cultura do Norte, promove um workshop nos dias 21 e 22 de abril leccionado por Carlos Melo Ferreira e José Oliveira.

CLIQUE AQUI PARA FAZER INSCRIÇÃO

 

Biografia dos formadores do WORKSHOP: NOUVELLE VAGUE | 21 e 22 e abril 2018

Carlos Melo Ferreira

Carlos Miguel de Sá e Melo Ferreira, natural de Lisboa, é Licenciado em Direito pela Universidade de Lisboa (1974) e Doutorado em Ciências da Comunicação, na especialidade de Cinema, com a tese “As Poéticas do Cinema” e a classificação de Muito Bom, com Louvor e Distinção, por Unanimidade, pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (2002).

Professor do Curso de Cine-Vídeo da então Cooperativa de Ensino Superior Artístico Árvore entre 1987 e 1989. Retoma o ensino no mesmo curso em 1993, e a partir de 2004 também no de Arte e Comunicação – actualmente Cinema e Audiovisual e Design e Comunicação Multimédia, respectivamente -, agora na Escola Superior Artística do Porto (ESAP), onde leccionou História e Teorias do Cinema, Análise de Filmes, Filmologia e Documentário Cinematográfico, mas também Antropologia Visual e Semiologia e Semiótica (até 2013), nas licenciaturas, e História e Teoria do Cinema no Mestrado em Realização – Cinema e Televisão.

Na ESAP realizou cinco seminários temáticos, duas conferências e um workshop, e cumpriu um mandato de 2 (dois) anos, 2010-2012, como Director do Departamento de Teatro e Cinema. Participou em dois Ciclos de Conferências de Doutoramento sobre Modos de Conhecimento nas Práticas Artísticas Contemporâneas (ESAP/Universidade de Vigo, 2005 e 2007), no Colóquio Internacional “O Cinema e as Artes ou as Artes no Cinema” (ESAP/Centro de Estudos Arnaldo Araújo, 2007), no Encontro Internacional “Corte e Abertura” (CEAA, 2010) e em debates em diferentes formatos. Em 2009 e 2011 foi também docente convidado do Mestrado em Comunicação Audiovisual da Escola Superior de Música e das Artes do Espectáculo do Instituto Politécnico do Porto. Participa regularmente em júris académicos de provas de Doutoramento e de Mestrado e em Encontros e Conferências Internacionais de Cinema a que apresenta comunicações.

É Professor Auxiliar Jubilado da ESAP, de cujo Conselho Científico fez parte de 2002 a 2016, Investigador Integrado do Centro de Estudos Arnaldo Araújo (CEAA) e membro da Associação de Investigadores da Imagem em Movimento (AIM).

Publicou “O Cinema de Alfred Hitchcock” (1985), “Truffaut e o Cinema” (1991), “As Poéticas do Cinema” (2004), “Cinema – Uma Arte Impura” (2011), todos nas Edições Afrontamento, “Cruzamentos – Estudos de Arte, Cinema e Arquitectura” (co-Pedro Vieira de Almeida – CEAA, 2007), “Corte e Aberttura” (co-editor com Miguel Oliveira e José Alberto Pinto – CEAA, 2015) e “Cinema Clássico Americano. Géneros e Génio em Howard Hawks” (2018) nas Edições 70, além de capítulos de livros, centenas de artigos e ensaios na imprensa cultural (entre 1988 e 1992 no Suplemento de Cultura do “Diário de Notícias”), em revistas da especialidade (impressas e on-line) e em publicações da ESAP. Entre Janeiro de 2012 e Dezembro de 2016 animou o blog Some like it cool, e em Janeiro de 2017 criou um novo blog, Some like it hot.

José Oliveira

José Oliveira nasceu em Braga em 1982. Estudou Cinema na Escola Superior Artística do Porto. Realizou alguns filmes de forma independente, alguns estreados na Cinemateca Portuguesa (como por exemplo 35 ANOS DEPOIS, O MOVIMENTO DAS COISAS, realizado em parceria com Mário Fernandes e Marta Ramos) . Escreve sobre cinema regularmente no seu blog pessoal: http://www.raging-b.blogspot.pt (tendo sido referência de consulta no site da revista Cahiers du Cinema), bem como na Foco – Revista de Cinema.

É ainda formador, tendo colaborado com Os Filhos de Lumière – Associação  Cultural em inúmeras ocasiões.Recentemente fundou, com João Palhares, o LUCKY STAR – Cineclube de Braga.
LONGE é o seu último trabalho que escreveu e realizou, produzido pela OPTEC – filmes, e que fez parte da seleção oficial do prestigiado festival de Locarno na edição de 2016.

Em Março deste ano lança um livro em co-autoria com João Palhares intitulado “Uma Viagem pelo Cinema Americano”.

 

Conheça a programação de abril do Cineclube do Porto em detalhe

 

Quinta-feira, 5 de abril | 21h30

O CREPÚSCULO DOS DEUSES

SUNSET BOULEVARD

Billy Wilder

EUA | 1950 | FIC | 110′ | M/12

 

Sábado, 7 de abril | 18h00

A NOITE AMERICANA

LA NUIT AMERICAINE

François Truffaut

FR/IT| 1973 | FIC | 115′ | M/16

 

Quinta-feira, 12 de abril | 21h30

O HOMEM DA CÂMARA DE FILMAR

CHELOVEK S KINOAPPARATOM

Dziga Vertov

URSS | 1929 | FIC | 66′ | M/12

 

 

Sexta-feira, 13 de abril | 21h30 – Sessão Especial de Aniversário – seguida de um Porto de Honra

AU HASARD BALTHAZAR

Robert Bresson

FRA/SUE | 1966 | 95′ | M/12

 

 

Sábado, 14 de abril | 18h00

BANDO À PARTE

BAND À PART

Jean-Luc Godard

FRANÇA | 1964 | FIC | 95′ | M/14

 

Quinta-feira, 19 de abril | 21h30

CINEMA PARAÍSO

CINEMA PARADISO

Giuseppe Tornatore

ITA/FRA | 1989 | FIC | 120′ | M/12

 

Sábado, 21 de abril | 18h00

LUMIÈRE!

Thierry Frémaux

FRANÇA | 2016 | DOC | 90′ | M/12

 

Quinta-feira, 26 de abril | 21h30

OLHARES LUGARES

VISAGES VILLAGES

Agnès Varda e JR

FRANÇA | 2017 | DOC | 93′ | M/12

 

Sábado, 28 de abril | 18h00

CINEMA NOVO

Eryk Rocha

BRASIL | 2016 | DOC | 90′ | M/12

 

INFO E LINKS OFICIAIS

NOME: Clube Português de Cinematografia – Cineclube do Porto

WEB: https://cineclubedoporto.wordpress.com

FACEBOOK: https://www.facebook.com/cineclubedoporto

As sessões regulares do Clube Português de Cinematografia – Cineclube do Porto têm lugar na Sala Henrique Alves Costa | Casa das Artes | Rua de Ruben A. 210, 4150-639 Porto, Portugal

 

ARTIGOS RELACIONADOS

     
AdobeStock
 

Partilhar este artigo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *