Home / Drama /

Kursk, a maior tragédia subaquática da História no grande ecrã

Kursk, a maior tragédia subaquática da História no grande ecrã

 

Inspirado na história verídica do submarino nuclear russo que se afundou em agosto de 2000 no Mar de Barents, o filme Kursk conta com Colin Firth e Léa Seydoux nos principais papéis, além da presença de Matthias Schoenaerts e o lendário Max von Sydow no elenco.

Realizada pelo visionário dinamarquês Thomas Vinterberg esta é uma obra cinematográfica de alto calibre, revelando uma história arrebatadora e emocionante que merece a sua atenção.

A 10 de agosto de 2000, Kursk – um submarino duas vezes maior que um avião Jumbo e mais comprido que dois campos de futebol, o orgulho “inafundável” da frota norte da Marinha Russa – embarcou num exercício naval.

Foi o seu primeiro exercício numa década e as manobras implicaram 30 navios e três submarinos. Dois dias depois, duas explosões internas e poderosas o suficiente para surgirem em sismógrafos do Alasca, fazem afundar o submergível.

Pelo menos 23 dos 118 marinheiros a bordo sobreviveram às explosões tendo-se refugiado numa cabine estanque, onde se mantiveram por um período de várias horas após o acidente, e onde viriam a morrer por explosão do sistema de oxigénio.

Embora noruegueses e britânicos oferecessem ajuda para resgatar os sobreviventes (o navio terá ficado a apenas 116 metros de profundidade no Mar de Barents, a 80 quilómetros da costa), a ação só foi aceite pelo governo Russo quatro dias depois da tragédia.

A necessidade de se preservarem os segredos militares do submarino terá sido a razão para esta demora por parte das autoridades russas.

E foi por isso que à medida que os 23 marinheiros lutavam pela sobrevivência dentro da embarcação, as suas famílias desesperadas combateram todos os obstáculos burocráticos e probabilidades assustadoras para conseguirem encontrar respostas e salvar os entes queridos.

Enquanto a Rússia dizia ter tudo sob controlo, o mundo assistia em suspenso e a tragédia acontecia. “Eu conhecia, superficialmente, a tragédia do Kursk. Mas uma coisa guardei comigo daquilo que ouvia nas notícias: aquele bater, aquele pedido de ajuda”, explicou Thomas Vinterberg, realizador do filme.

O argumento é de Robert Rodat (autor de ‘O Resgate do Soldado Ryan’), sendo baseado no livro do jornalista Robert Moore intitulado A Time to Die: The Untold Story of the Kursk Tragedy.

VEJA AGORA O TRAILER DO FILME KURSK

Realizado pelo dinamarquês Thomas Vinterberg (‘A Caça’, ‘Longe da Multidão’), ‘Kursk’ conta com a atriz francesa Léa Seydoux (‘007 Spectre’; ‘A Vida de Adèle’), o britânico Colin Firth (‘O Discurso do Rei’; ‘O Diário de Bridget Jones’) e o belga Matthias Schoenaerts (‘Ferrugem e Osso’) no elenco.

 

ARTIGOS RELACIONADOS

     
AdobeStock

Partilhar este artigo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *