Home / Filmes de Ação /

Relembre agora 5 filmes icónicos sobre casino e apostas

Relembre agora 5 filmes icónicos sobre casino e apostas

Devido às suas histórias mirabolantes, repletas de triunfos e desgraças, os casinos sempre foram alvo dos cineastas. Além de proporcionarem bons cenários, os salões de jogo com luzes ofuscantes também costumam ser frequentados por mulheres bonitas e jogadores atraentes. Assim é natural que, aliando a excitação das apostas aos truques e táticas de pessoas carismáticas, os filmes que envolvem casinos habitualmente consigam atrair o público às salas de cinema.

E isso acontece porque na vida real existe o mesmo fascínio pelos casinos e mundo do jogo, como comprova por exemplo o sucesso da ESC apostas e das apostas online. Tudo isto tem motivado muitos bons filmes que têm como tema os jogos de casinos e Las Vegas. Por isso mesmo, hoje criamos um artigo onde analisamos 5 excelentes filmes sobre casino e apostas. Confira em baixo.

Sinopse de 5 filmes sobre casino e apostas

Casino (1995)

Realizador: Martin Scorsese

Assinado por Martin Scorsese, o filme Casino revela uma fascinante e deslumbrante incursão pelo submundo do crime, com Robert De Niro, Joe Pesci e Sharon Stone nos principais papéis. A história é complexa, mas muito interessante.

Baseando-se em factos verídicos relatados no livro baseado homónimo da autoria de Nicholas Pileggi (que também co-escreveu o guião para o filme com Scorsese), o filme Casino demonstra o virtuosismo do realizador para retractar um universo onde cinismo, ganância, ambição, risco e violência são parte integrante.

Desta vez, o alvo é Las Vegas, vista através da trajectória de 3 criminosos, 2 homens e 1 mulher, cujos caminhos cruzados na capital americana do jogo e do crime organizado alimentam uma trama irresistível. Martin Scorsese, através do seu tradicional bom gosto e subtileza, além do rigor esplendoroso da recriação de época, assina um filme notável, imperdível por todos os amantes de casinos, apostas e jogos.

Delírio em Las Vegas (1998)

Realizador: Terry Gilliam

Este filme alucinante é a adaptação ao cinema do livro homónimo da autoria de Hunter S. Thompson, consistindo nos factos ocorridos durante uma viagem para Las Vegas realizada pelo jornalista Raoul Duke (Johnny Depp) e do seu advogado e amigo, Dr. Gonzo (Benicio Del Toro). Poderia dizer-se que este filme é um retrato do “pesadelo americano”, em contraposição ao idealismo que se vivia nos 1960 e 70 sob o lema “Paz e Amor”.

O motivo da viagem é cobrir uma corrida de motas que se realiza em Las Vegas. Mas, antes de se fazerem à estrada, os dois amigos abastecem-se com uma considerável quantidade de drogas – que, inevitavelmente, acabarão por traçar o caminho.

Os casinos e salões de jogos de Las Vegas constituem no entanto o pano de fundo para as aventuras e desgraças que os dois protagonistas acumulam durante a viagem, servindo com ingrediente principal para a revelação de uma história divertida e, sobretudo, filosófica sobre o efeito das drogas e do jogo. O elenco é excepcional, integrando Benicio Del Toro, Johnny Depp, Michael Lee Gogin e Tobey Maguire.

Ocean’s Eleven (2001)

Realizador: Steven Soderbergh

Após obter enorme êxito com os filmes Erin Brockovich e Traffic – Ninguém sai Ileso, o realizador Steven Soderbergh regressou com uma remake do filme clássico Os Onze do Oceano, obra cinematográfica de 1960 assinada por Lewis Milestone que contava com um elenco de luxo encabeçado por Frank Sinatra, Dean Martin, Sammy Davis Jr. e Peter Lawford.

Na versão de 2001, tal como no original, o filme conta a história de 11 criminosos, liderados por Danny Ocean (George Clooney), que decidem roubar uma série de casinos em Las Vegas, na noite de um combate de boxe que decorre no ringue de um dos hotéis-casinos daquela cidade. A equipa dos assaltantes é muito heterogénea: integra um perito em munições, um jogador de “blackjack”, um especialista em electrónica, um carteirista inexperiente e um contorcionista circense, entre outros.

O grande magnata dono dos casinos é Terry Benedict (Andy Garcia) – por coincidência ou não, o homem com que Tess (Julia Roberts), a mulher de Danny Ocean, está prestes a casar. Como tal, o golpe não pretende apenas desfalcar o magnata em milhões, mas também roubar-lhe a noiva. O elenco é novamente de luxo, com Brad Pitt e Matt Damon – para além de George Clooney, Julia Roberts e Andy Garcia – nos principais papéis.

007 – Casino Royale (2006)

Realizador: Martin Campbell

Baseado no primeiro livro de Ian Fleming da série James Bond, que foi publicado em 1953, Casino Royale apresenta a história de James Bond quando ainda não tinha licença para matar! Na verdade, nesta obra ele tem o estatuto de agente secreto “00” por causa de dois perigosos assassinos profissionais.

A sua primeira missão leva-o a Madagáscar, com o objectivo de espiar um terrorista. Mas nem tudo corre como planeado e James Bond, em vez de se restringir às ordens do MI6, decide investigar e capturar o resto da célula terrorista. Neste filme soberbo, Daniel Craig é o actor que veste a pele do mítico 007, tendo conquistado os seguidores da saga James Bond.

21 – A Última Cartada (2008)

Realizador: Robert Luketic

Protagonizado por Jim Sturgess, Kate Bosworth, Kevin Spacey, Laurence Fishburne, o filme A Última Cartada é outra obra inspirada na história verídica de vários jovens talentosos que ganharam milhões de dólares a jogar nos casinos de Las Vegas. Ben Campbell (Jim Sturgess) é um tímido e brilhante estudante do MIT (Instituto Tecnológico de Massachusetts). Sem dinheiro para pagar as propinas, encontra a solução onde menos a espera: nas cartas.

Assim que comprova o seu talento, Ben começa a ir com um grupo de colegas todos os fins-de-semana a Las Vegas, com falsas identidades, e, graças ao seu brilhantismo, aumentam grandemente as probabilidades de ganhar no blackjack. Ainda por cima, contam com o seu professor de matemática (e génio de estatística) Micky Rosa (Kevin Spacey) como líder.

Ben deixa-se seduzir pelo dinheiro e pelo estilo de vida de Las Vegas. Mas, apesar da contagem de cartas não ser ilegal, o risco é cada vez maior e o grande desafio passa a ser enganar o chefe de segurança dos casinos, além de manter a contagem correcta. Uma obra fascinante!

 

ARTIGOS RELACIONADOS

     

Partilhar este artigo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *