Home / Archives /

Drama

Drama / 37 posts encontrados

kika

Kika: recordar um clássico de Pedro Almodóvar

by Eduardo Aranha
Em 1994, chegou às salas de cinema o filme Kika. Nesta longa-metragem, que tem Verónica Forqué como protagonista, somos introduzidos a enredos menos pesados (pelo menos para aquilo a que Almodóvar nos habituou). Neste post, é sobre este filme que falamos: analisamos os enredos desta história, assim como das suas personagens bizarras e estranhas.

Camille Claudel: entre a escultura e a loucura

by Marta Reis
Esta reflexão da Marta Reis surge no seguimento da sua ntervenção sobre a abordagem cinematográfica de Camille Claudel, no 1º Seminário Arte e Psiquiatria, ocorrido no Centro Hospitalar Conde de Ferreira (Porto). Neste post, a Marta analisa 3 filmes que retratam a vida da escultora francesa: “A Paixão de Camille Claudel” (1988), de Bruno Nuytten; “Camille” (2011), de Carme Puche e Jaime García; e “Camille Claudel 1915” (2013), de Bruno Dumont.
jangada de pedra

Jangada de Pedra: uma distopia ibérica que dá que pensar

by Goreti Teixeira
Tudo começa quando uma fenda se abre nos Pirenéus, provocando de imediato uma onda de excitação e curiosidade científica. Por fim, quando Portugal e Espanha se separam fisicamente do continente, começam à deriva no mar e a Península torna-se residência de figuras com poderes divinos. Saiba mais sobre o filme que adapta a obra de José Saramago "A Jangada de Pedra".

Asas: o primeiro melhor filme, segundo a Academia

by Tiago Leão
O dia 17 de maio de 1929 foi histórico para o mundo do cinema. Algures num hotel em Hollywood, Califórnia (EUA), um pequeno evento que não terá demorado mais do que 15 minutos (e que contou com a presença de cerca de 250 pessoas) homenageou alguns dos melhores filmes do cinema, atribuindo prémios conforme a categoria em que cada filme melhor se destacava. Tratava-se da cerimónia que hoje conhecemos como Óscares.
livros

E quando os filmes são melhores que os livros?

by Eduardo Aranha
Quantas vezes se envolveu numa discussão com um amigo para tentar perceber qual dos dois é o melhor: o livro ou filme? Este é um dos debates clássicos da cultura contemporânea. É por essa mesma razão que neste post fazemos uma lista de filmes que conseguiram contar melhor a história do que os livros. Verifique a lista e diga-nos se concorda connosco.
cientistas

5 filmes notáveis sobre a vida de grandes cientistas

by Eduardo Aranha
O cinema não é feito só de ficção. Inúmeros estúdios têm investido na produção de histórias que partem para além da ação, ficção e fantasia. Estamos a falar da vida real. Pessoas que existiram e levaram vidas extraordinárias têm conseguido o seu momento de glória no grande ecrã. Neste post elaboramos uma lista de 5 filmes que pegam na vida de grandes cientistas e honram os seus feitos.
gueixa

Memórias de uma Gueixa: um tributo a uma arte esquecida

by Eduardo Aranha
No filme As Memórias de uma Gueixa, assistimos à ascensão de uma pequena rapariguinha japonesa que de uma mera criada ascende a gueixa e assiste ao declínio da sua arte durante e após a II Guerra Mundial, sendo no final obrigada a encarar um terrível dilema. Neste post, caminhamos então pelo Japão dos anos 30 e 40 do século XX, apreciando a arte das gueixas como espectadores ávidos por mais.

Amour: um filme polémico sobre a incondicionalidade do amor

by Tiago Leão
Falado em francês, Amour é o filme que mostra uma faceta envelhecida, mas nem por isso mais fraca do amor. A obra cinematográfica, que venceu o Óscar de Melhor Filme Estrangeiro, conta a história de um casal octogenário que vê o seu amor testado pela doença. Amour foi realizado pelo austríaco, Michael Haneke, e tem como personagens principais Emmanuelle Riva, Jean-Louis Trintignant e Isabelle Huppert.
expiação

Expiação: como expiar um crime quando se é inocente

by Eduardo Aranha
Aquilo que os olhos de uma criança vêem pode mudar para sempre a vida de duas pessoas. É esta a premissa de Expiação, o filme de Joe Wright, o mais jovem realizador a estrear-se no Festival de Cannes e cujo filme esteve nomeado para o Óscar de melhor filme em 2007.