Home / Archives /

Realizadores

Realizadores / 52 posts encontrados

A Minha Viagem pelo Cinema de Fellini

by Marta Reis
Federico Fellini entra no Mundo do Cinema como argumentista, seguindo a estética neorrealista e passando, poucos anos depois, a realizar os seus próprios filmes. O nome Fellini e a sua obra já me eram familiares quando comecei a estudar Cinema mas não esqueço a emoção com que vi pela primeira vez o filme La Strada no grande ecrã. Esta é a minha homenagem a este grande nome do Cinema.

A versatilidade cinematográfica de Steven Spielberg

by Eduardo Aranha
O realizador e produtor Steven Spielberg já deixou a sua marca no Mundo do Cinema, apresentando-nos alguns dos melhores filmes da nossa geração. Neste post fazemos uma análise ao seu percurso cinematográfico que só comprova a sua versatilidade atrás da câmara e em capturar o mais variado tipo de histórias.

As 15 realizadoras mais premiadas do Cinema

by Marta Reis
Já acompanhamos o trabalho das realizadoras abaixo enunciadas há algum tempo. Estas senhoras têm dado que falar e decidimos neste artigo “levantar o véu” sobre os seus trabalhos mais premiados internacionalmente. Esperamos que já tenham visto os filmes e - se ainda não os viram - os vejam e revejam! Nós já os estamos a rever.

Paris, je t’aime: uma ode cinematográfica à capital francesa

by Marta Reis
A partir de uma ideia original de Tristan Carné foram convidados para participar no projeto de filme coletivo: “Paris, je t'aime”, realizadores internacionalmente reconhecidos. No final é-nos apresentado um filme de 2 horas, composto por 18 curtas-metragens interligadas, cada uma delas com duração de 5 minutos.

A utilização da cor no filme Azul de Krzysztof Kieslowski

by Marta Reis
Como forma de prestar a minha homenagem ao realizador Krzysztof Kieslowski este será o primeiro artigo de três sobre a trilogia Trois couleurs. Por isso, mantendo um seguimento lógico, neste artigo irei fazer uma reflexão sobre o primeiro filme da trilogia, realizado em 1993, e alusivo à cor Azul.

Animação Experimental: um universo de ideias revolucionárias

by Marta Reis
O cinema de animação sempre me fascinou. Em pequena, embora adorasse ir à escola, era ao fim de semana que me levantava mais cedo para ir ver “desenhos” na televisão. Ainda hoje se apanhar um bom filme ou episódio de cinema de animação podem ver-me no meio de uma plateia de pequenitos, enquanto os crescidos conversam sobre coisas de crescidos.

Manoel de Oliveira: o portuense que fez filmes até ao fim

by Eduardo Aranha
Estamos no dia 12 de dezembro de 1908, na cidade do Porto, em Portugal. No seio da família Oliveira, que profissionalmente estava muito ligada às artes industriais, nasce Manoel Cândido Pinto de Oliveira. Neste post, revelamos um pouco da vida deste nome ilustre do cinema português que foi Manoel de Oliveira, considerado durante anos como "o mais velho realizador do mundo em atividade".

Que livros de Agustina Bessa-Luís foram adaptados por Manoel de Oliveira?

by Goreti Teixeira
A relação de Agustina Bessa-Luís com Manoel de Oliveira iniciou-se, em 1981, quando o cineasta adaptou a obra Fanny Owen ao filme que intitulou de Francisca. Desde essa altura, Oliveira transpôs mais cinco obras da autora, a última A Alma dos Ricos, em 2005, para o filme Espelho Mágico. Esta relação profissional, porém, nem sempre correu bem.

Walt Disney chegou a hipotecar a casa por causa de Branca de Neve

by Eduardo Aranha
Se os irmãos Grimm soubessem em pleno século XIX que algumas das suas histórias viriam um dia a ser contadas em desenhos animados, e que todas as crianças cresceriam a conhecer a Branca de Neve e os Sete Anões, teriam provavelmente desatado a rir e diriam que era impossível, porque implicava magia e magia só existe nas histórias. Porém, a verdade é que a magia aconteceu.