Home / Archives /

historia do cinema

historia do cinema / 10 posts encontrados

Over the Rainbow eleita a melhor música da História do Cinema

by Goreti Teixeira
A música do filme O Feiticeiro de Oz, intitulada Over the Rainbow, foi eleita a melhor canção da história do cinema pelo American Film Institute, que elaborou uma lista dos 100 melhores temas especialmente compostos para o grande ecrã.

Descubra os 10 filmes mais lucrativos de todos os tempos

by Eduardo Aranha
Neste post, vamos dar uma vista de olhos aos 10 filmes mais lucrativos da história do cinema. A lista é baseada não nos filmes que arrecadaram mais lucro nas bilheteiras mas sim naqueles que registaram os melhores números entre o orçamento usado para a produção e o lucro registado.

Qual terá sido o primeiro filme comercializado em VHS?

by Tiago Leão
Popular nas últimas décadas do século XX, o VHS (Video Home System) foi o predecessor do DVD (Digital Versatil Disc). O sistema de gravação nasceu já no ano de 1976 e funciona a partir de cassetes de vídeo. Dentro de cada uma delas encontrava-se uma fita que necessitava de ser puxada atrás sempre que o filme terminava e o queríamos voltar a ver. A facilidade com que o sistema era usado, assim como a qualidade dos filmes, fez com que o VHS se tornasse cada vez mais popular.

The Police Patrol e a chegada do cinema à televisão

by Tiago Leão
Do cinema para a televisão, os filmes foram uma parte importante da afirmação deste novo meio de comunicação social perante o grande público. Com um grande desenvolvimento nas décadas de 1920 e 1930, o aparelho caseiro tornou-se popular muito rapidamente. O primeiro filme chegou no ano de 1931 e chamava-se The Police Patrol (Investigação Policial, na versão portuguesa).

Don Juan: o filme que deu as boas-vindas ao cinema sonoro

by Tiago Leão
Realizado por Alan Crosland, Don Juan entrou para a história do cinema por ser a primeira longa-metragem sonorizada de sempre. Ainda que sem diálogos, a obra cinematográfica fez parte do processo de transição da sétima arte para a fase do som. Juntamente com The Jazz Singer (o primeiro filme falado), Don Juan foi responsável pela introdução de uma nova tecnologia: o Vitaphone.

Jayne Mansfield: o quão chocante foi a 1ª cena de nudez do cinema?

by Tiago Leão
O filme Promises! Promises! é uma comédia sexualmente desinibida que conta a história de um casal que decide embarcar num cruzeiro. Numa noite de embriaguez, os jovens casados conhecem outro casal e acabam por trocar de parceiros. Até aqui nada de novo, não fosse este o filme com a primeira cena de nudez da história do cinema.

Ramona, livros no cinema e a questão dos direitos de autor

by Tiago Leão
Nos dias que correm, a maior parte dos filmes que chegam às salas de cinema são adaptações cinematográficas de livros best-sellers internacionais já bem conhecidos do público. Nomes como Harry Potter, O Senhor dos Anéis, a saga O Padrinho e até mesmo Guerra e Paz foram obras mostradas em livros antes de se tornarem grandes êxitos cinematográficos. Mas, antes de qualquer um destes, houve um pioneiro a explorar este filão.

Kinemacolor, uma visita ao mar e o início do cinema a cores

by Tiago Leão
Embora o início do cinema a cores esteja envolto em alguma polémica, podemos dizer que o começo da era comercial da sétima arte colorida aconteceu com a invenção do Kinemacolor. Se até então filmes como A Viagem à Lua eram pintados à mão, com este novo sistema introduziu-se a filmagem direta a cores. A Visit to the Seaside foi a experiência que deu início a esta nova era do cinema.

The Great Train Robbery: a primeira história contada no grande ecrã

by Tiago Leão
The Great Train Robbery (em português O Grande Assalto ao Comboio) não é só um clássico do cinema, mas é também uma obra importante da cultura pop. O filme já foi reinventado várias vezes, servindo de inspiração a outras obras cinematográficas e séries televisivas. Afinal, basta olhar para o final de The Goodfellas, de Martin Scorsese, ou de American Gangster, de Ridley Scott, para perceber que a memória de The Great Train Robbery está ainda fresca na cabeça dos realizadores e do público.