Home / Archives /

Filmes Portugueses

Filmes Portugueses / 21 posts encontrados

Manoel de Oliveira

Manoel de Oliveira: o portuense que fez filmes até ao fim

by Eduardo Aranha
Estamos no dia 12 de dezembro de 1908, na cidade do Porto, em Portugal. No seio da família Oliveira, que profissionalmente estava muito ligada às artes industriais, nasce Manoel Cândido Pinto de Oliveira. Neste post, revelamos um pouco da vida deste nome ilustre do cinema português que foi Manoel de Oliveira, considerado durante anos como "o mais velho realizador do mundo em atividade".

Jorge Cramez fala sobre a sua longa-metragem “O Capacete Dourado”

by Goreti Teixeira
Ligado ao cinema há cerca de 20 anos, Jorge Cramez já trabalhou como anotador e assistente de realização e realizou múltiplas curtas-metragens. Em conversa comigo pela ocasião do lançamento de O Capacete Dourado, em 2007, o cineasta falou desta sua primeira longa-metragem. Leia a conversa completa neste post.
manoel de oliveira

Que livros de Agustina Bessa-Luís foram adaptados por Manoel de Oliveira?

by Goreti Teixeira
A relação de Agustina Bessa-Luís com Manoel de Oliveira iniciou-se, em 1981, quando o cineasta adaptou a obra Fanny Owen ao filme que intitulou de Francisca. Desde essa altura, Oliveira transpôs mais cinco obras da autora, a última A Alma dos Ricos, em 2005, para o filme Espelho Mágico. Esta relação profissional, porém, nem sempre correu bem.
jangada de pedra

Jangada de Pedra: uma distopia ibérica que dá que pensar

by Goreti Teixeira
Tudo começa quando uma fenda se abre nos Pirenéus, provocando de imediato uma onda de excitação e curiosidade científica. Por fim, quando Portugal e Espanha se separam fisicamente do continente, começam à deriva no mar e a Península torna-se residência de figuras com poderes divinos. Saiba mais sobre o filme que adapta a obra de José Saramago "A Jangada de Pedra".

A Selva: um filme que constrói pontes entre Portugal e Brasil

by Goreti Teixeira
Com uma carreira sólida, Leonel Vieira conquistou definitivamente o público com Pátio das Cantigas, um remake do clássico português, capaz de bater recordes de bilheteira e de levar mais espetadores ao cinema do que qualquer outro filme português. Apesar do sucesso, este está longe de ter sido o único filme do cineasta: anteriormente Leonel Vieira já nos tinha dado a conhecer as histórias de Zona J, A Selva ou Julgamento. É precisamente sobre o segundo que falamos neste post.

Luís Miguel Cintra: uma despedida que merece aplausos de pé

by Goreti Teixeira
Na noite de sábado de 17 de outubro de 2015, Luís Miguel Cintra subiu ao palco do Teatro da Cornucópia, em Lisboa, para anunciar o final da sua carreira. Justificou-se com problemas de saúde, mas mais do que falar dos motivos do afastamento, o ator preferiu homenagear os 42 anos da companhia, mencionando todos os profissionais que dela fizeram parte.

Aparelho Voador a Baixa Altitude: uma utopia com elenco nacional

by Goreti Teixeira
Um gesto de coragem e revolta num mundo prestes a ficar vazio. Que futuro está guardado para a raça humana? É esta a premissa de Aparelho Voador a Baixa Altitude, o filme da realizadora sueca Solveig Nordlund, que adapta a obra homónima de ficção científica do escritor J. G. Ballard. Com um elenco que conta com atores portugueses conceituados é contada uma história surpreendente sobre o futuro da raça humana.

Solveig Nordlung: a versatilidade de uma mulher do cinema

by Goreti Teixeira
Nasceu em Estocolmo, Suécia mas foi por Portugal que a realizadora Solveig Nordlung se apaixonou. Hoje, após ter conseguido cidadania portuguesa, divide a sua câmara entre ambos os países. Com uma mente criativa muito ligada à ficção científica, resultado do fascínio que nutre pela escrita de J. G. Ballard, a realizadora transportou inúmeras vezes para o grande ecrã visões futuristas e cenários distópicos.
aniki-bóbó

Aniki Bóbó: crianças junto ao Douro como metáfora à vida

by Eduardo Aranha
A primeira longa-metragem de Manoel de Oliveira recorre à linguagem infantil e inocente das crianças para abordar temas como a morte e a vida, quebrando na altura (e ainda hoje) certas convenções. Como veio mostrar ao longo da sua longa carreira cinematográfica, Manoel de Oliveira não teve medo de ser “diferente”, mesmo que a audiência não o aplaudisse como era merecido.
filme português

Alguma vez assistiu ao 1.º filme português?

by Eduardo Aranha
Em Portugal, a chegada do cinema deu-se no ano de 1896. A primeira filmagem foi da autoria de Aurélio Paz dos Reis, um comerciante natural da cidade do Porto, que, inspirado pela ideia dos irmãos Lumiére, decidiu filmar A Saída do Pessoal Operário da Fábrica Confiança.