Home / Archives /

História do Cinema

História do Cinema / 49 posts encontrados

Bwana Devil: o primeiro filme visto com óculos 3D

by Tiago Leão
Estamos nos anos 50 quando o cinema sofre um dos seus maiores abalos. Entre 1948 e 1951, o número de espectadores das salas cinematográficas desce dos 90 milhões para os 46 milhões, perdendo quase metade das audiências. Porquê? A resposta é muito fácil: a televisão.

Walt Disney chegou a hipotecar a casa por causa de Branca de Neve

by Eduardo Aranha
Se os irmãos Grimm soubessem em pleno século XIX que algumas das suas histórias viriam um dia a ser contadas em desenhos animados, e que todas as crianças cresceriam a conhecer a Branca de Neve e os Sete Anões, teriam provavelmente desatado a rir e diriam que era impossível, porque implicava magia e magia só existe nas histórias. Porém, a verdade é que a magia aconteceu.

O Cantor de Jazz que abriu as portas para o cinema falado

by Tiago Leão
No ano de 1927, a 7ª Arte ganhou voz pela primeira vez (literalmente). No ecrã, estava Al Jolson, que no papel de Jakie Rabinowitz, ficaria eternizado como o primeiro ator a ser ouvido no cinema. Clássico mesmo entre os clássicos, O Cantor de Jazz (em inglês, The Jazz Singer) foi nomeado para um Óscar e mantém-se até hoje como uma das maiores referências do género musical.

Garganta Funda: o maior fenómeno de culto do cinema pornográfico

by Tiago Leão
Não importa se gosta ou não: a verdade é que a indústria dos filmes pornográficos é uma das maiores do mundo do cinema. E é impossível falar deste nicho sem referir Deep Throat (em português Garganta Funda), um clássico bem conhecido por ter sido o primeiro filme do género a chegar ao cinema em 1972. Mesmo que nunca tenha visto o filme é muito provável que já tenha ouvido pelo menos uma menção ao título.
filme a cor

O filme a cor que estava perdido e veio mudar a história do cinema

by Eduardo Aranha
Até setembro de 2012, aquele que era considerado o primeiro filme a cores datava de 1908, altura em que foi patenteado o sistema Kinemacolor, capaz de produzir películas a cor. No entanto, uma pequena lata perdida nos arquivos do National Media Museum no Reino Unido mudou a história do cinema… outra vez!
animação

O 1.º filme de animação mostra um homem a desenhar num bloco

by Eduardo Aranha
Muito antes de companhias como a Disney e a Pixar conquistarem o mercado cinéfilo já se faziam experiências no universo do cinema de animação. The Enchanted Drawing (O Desenho Encantado, em português) foi a obra pioneira na animação e, ainda que o nome possa sugerir o contrário, não era um filme para crianças.
viagem à lua

A Viagem à Lua que iniciou o cinema de ficção científica em 1902

by Eduardo Aranha
Estávamos no ano de 1902 quando George Méliès sonhou mais alto do que todos os outros e fez A Viagem à Lua. O filme do ilusionista francês tem pouco mais de 8 minutos, acompanha a aventura de 5 astronautas e foi um grande sucesso na altura do lançamento. Conheça toda a história neste post e veja o filme.

Ramona, livros no cinema e a questão dos direitos de autor

by Tiago Leão
Nos dias que correm, a maior parte dos filmes que chegam às salas de cinema são adaptações cinematográficas de livros best-sellers internacionais já bem conhecidos do público. Nomes como Harry Potter, O Senhor dos Anéis, a saga O Padrinho e até mesmo Guerra e Paz foram obras mostradas em livros antes de se tornarem grandes êxitos cinematográficos. Mas, antes de qualquer um destes, houve um pioneiro a explorar este filão.

O Assassínio do Duque de Guise: a primeira banda sonora do cinema

by Tiago Leão
Em 1908, o cinema volta a dar um passo marcante. Uma vez mais foi em França que se fez história, desta vez com a apresentação do filme L’Assassinat du duc de Guise (também conhecido como O Assassínio do Duque de Guise). Trata-se de um filme marcante, realizado pela dupla Charles Le Bargy e André Calmettes. No entanto, o que melhor define este filme é o facto de ter sido encomendada uma banda sonora original para acompanhar as imagens.