Home / Cinema /

7 Motivos para continuar a comprar DVD

7 Motivos para continuar a comprar DVD

 

A televisão anunciou o fim da rádio, o online ditou o declínio das vendas dos jornais impressos. Mas será que o advento de uma novidade tem necessariamente de fazer com que outra desapareça? Por cá achamos que não e, embora também sejamos adeptos dos serviços de streaming, a verdade é que continuamos a comprar DVD ‘s. Ao longo deste post, explicamos os principais motivos por que o fazemos e deixamos uma lista de sugestões para que também você possa transformar os seus filmes favoritos numa peça da mobília lá de casa.

Numa altura em que a Netflix ganha força e até a Amazon começa a investir no seu próprio serviço de vídeo-on-demand, são muitos os que se questionam porque é que devem comprar DVD ’s. A juntar a isto há a forte pirataria que, no universo dos filmes e das séries, tem sido bastante eficiente ao colocar as películas online pouco depois de estas passarem no cinema ou na televisão. Para os que preferem soluções legais, ver um filme por streaming também é normalmente mais barato do que comprar DVD ’s.

Mas são só desvantagens? Claro que não. Com o crescimento das novas formas de ver filmes online, o preço dos DVD’s baixou bastante e hoje é possível encontrar clássicos e colectâneas a valores que seriam impensáveis há meia dúzia de anos. Além disso, ao compramos o DVD não estamos só a comprar o filme em si, já que é comum que os DVD’s venham acompanhados de uma série de extras, como behind-the-scenes, ou brindes relativos ao filme que estamos a comprar.

Comprar DVD: mais do que comprar o filme em si

De seguida, listamos uma série de razões que sustentam a opinião de que comprar um DVD não é a mesma coisa do que ver o filme por streaming ou fazer o download da Internet para o nosso computador.

Fenómenos de culto

Há filmes que dão origem a verdadeiros fenómenos de culto. Fã que é fã não se limita a ver no cinema: na altura do lançamento em DVD, há que comprar e contribuir para a coleção lá de casa. É assim no caso de Star Wars, que desde os anos 70 tem cativado gerações, ou os mais recentes fenómenos de Harry Potter e Hunger Games.

Sagas completas

A propósito de fenómenos de culto, é comum encontrarmos à venda sagas completas a preços relativamente acessíveis. Quando acompanhamos 10 temporadas de uma série do princípio ao fim sem perder um episódio, não há nada como comprar um pack para que possamos ter esses episódios armazenados num DVD que podemos ver e rever até que o DVD fique gasto.

 

Extras e mais extras

Os extras são um dos fatores que distingue os DVD’s. Em muitos casos, temos acesso aos bastidores e a entrevistas exclusivas que exploram episódios curiosos ou nos deixam antever aquilo que pode acontecer na sequela.

Biblioteca de amigos

Uma das vantagens de comprar DVD ’s está no facto de poder trocá-los com os seus amigos e empresta-los às pessoas com quem costuma discutir os nomeados para os Óscares. Se dentro do seu grupo, o cinema é um assunto que vem muitas vezes à baila, então pode até propor a criação de uma biblioteca conjunta e formar uma espécie de videoclube onde vão partilhando os DVD ’s comprados.

Preços mais acessíveis

Como já mencionamos, como a crescente adesão aos serviços de streaming, comprar DVD ’s é agora muito mais barato. Para os fãs mais acérrimos, aconselhamos que se mantenham atentos aos sites de compra de filmes para que possa perceber quando estão em promoção. Para o ajudar, deixamos-lhe uma lista de lojas online onde pode comprar filmes.

Alta qualidade

A imagem de alta qualidade é principalmente notória nos casos em que as pessoas procuram soluções na Internet. Muitos dos sites piratas oferecem, de facto, os filmes gratuitamente, mas estes encontram-se com uma imagem muito má ou então possuem legendas e dobragens que estão muito longe de terem qualidade.

Lado Pessoal

Não podíamos terminar o artigo sem falar do lado pessoal. Comprar DVD ’s é sinónimo de mostrar afeto pelo objeto comprado, mostrando que aquela série ou filme dizem alguma coisa a nosso respeito. No fundo, é como se quiséssemos guardar algo que para nós tem algum significado, algo que é nosso.

 

Partilhar este artigo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *