Home / Cinema /

As nossas previsões para os Óscares 2016

As nossas previsões para os Óscares 2016

 

O ano de 2015 encheu salas de cinema e viu passar pelos grandes ecrãs títulos que, no final de fevereiro, vão de certeza dar que falar durante a cerimónia de entrega dos Óscares pela Academia. Ainda que os nomeados não tenham sido anunciados – o anúncio só será feito no dia 14 de janeiro – decidimos que estava na hora de apontarmos aqueles que nos parecem ser os filmes mais prováveis de, em 2016, levarem uma estatueta para casa.

Para elaborarmos esta lista, atentamos não apenas nos filmes que maior sucesso alcançaram na bilheteira. Aliás, este é um critério raramente contemplado nos Óscares. Em vez disso, a nossa escolha recaiu em filmes que fizeram um bom trabalho em diferentes categorias e que abordam histórias tocantes e de grande valor humano. A interpretação das personagens, assim como o argumento, produção e questões técnicas foi também um fator de peso para a nossa escolha.

Assim, sem nos alongarmos mais, apontamos aqueles que nos parecem ser os filmes com probabilidade de levar para casa uma estatueta em 2016.

As nossas previsões para os Óscares 2016

Carol

Carol é o novo filme de Cate Blanchett que dá, aliás, vida à personagem principal. Ao lado de Rooney Mara, que venceu um prémio pela sua interpretação no festival de Cannes, Cate Blanchett vive o drama de uma mulher, nos anos 50 que, presa a um casamento que não corre bem, se apaixona pela funcionária de uma loja. Dada as reviews, é quase certo que este filme figurará entre os nomeados.

Estreia prevista em Portugal: 4 de fevereiro

The Revenant

Será que é desta que Leonardo Dicaprio ganha um Óscar? O ator já esteve nomeado quatro vezes para a categoria de Melhor Ator em Papel Principal mas viu sempre a estatueta cair no colo de outros. Porém, 2016 poderá ser o ano. Com o filme The Revenant Leonardo Dicaprio poderá entrar novamente na corrida. O filme acompanha um caçador, no início do século XIX, que se vê gravemente ferido e deixado para morrer pelo seu amigo.

Estreia prevista em Portugal: 21 de janeiro

Spotlight

A Academia gosta de filmes inspirados em factos verídicos. Assim, é muito provável que Spotlight brilhe na cerimónia dos Óscares. Este filme, que conta com Michael Keaton, é baseado na história de uma equipa de repórteres do jornal The Boston Globe que revelou o escândalo do abuso de crianças na Igreja Católica.

Estreia prevista em Portugal: 28 de janeiro

Joy

Jennifer Lawrence tem-se encontrado com Bradley Cooper no grande ecrã. Primeiro, em Silver Linings Playbook. Depois, no filme Serena. E, este ano, em  Joy. O filme é uma adaptação da vida de Joy Mangano, interpretada por Jennifer Lawrence. Mãe solteira de três crianças, esta mulher é conhecida por ter inventando um modelo de esfregona que se tornou um sucesso de vendas. Uma vez que é biográfico e conta com nomes de peso entre o elenco e realização, a probabilidade deste filme ser nomeado é também muito alta.

Estreia prevista em Portugal: 7 de janeiro

A Rapariga Dinamarquesa

Uma vez mais, Eddie Redmayne regressa ao grande ecrã para mostrar o seu talento. Desta vez, veste a pele de um transexual. O filme é inspirado na história de amor verídica do artista dinamarquês Einar Wegener e da sua esposa, a pintora Gerda Gottlieb. Einar, interpretado por Redmayne, procura, nos anos 20 do século XX, tornar-se uma mulher. Um filme que vai dar que falar quer pelo tema abordado, quer pela interpretação do protagonista.

Estreia prevista em Portugal: 31 de dezembro de 2015

The Martian

Matt Damon interpreta Mark, um astronauta que fica sozinho em Marte depois de uma missão da NASA ter evacuado do planeta. A tripulação que o acompanhava, julgando-o morto na sequência de um acidente, deixou-o para trás. Para sobreviver, Mark tenta tornar Marte o mais habitável possível, superando vários desafios enquanto espera que alguém o venha resgatar. Um filme que, fora a história em si, poderá dar que falar especialmente nas categorias técnicas. Veja a nossa review completa ao filme aqui.

O filme passou pelos cinemas portugueses em outubro de 2015

Bridge of Spies

Quando Steven Spielberg, Tom Hanks e Mark Rylance se juntam no grande ecrã para contar uma história de espionagem em plena Guerra Fria isso significa, claro está, que o filme vai dar que falar. Bridge of Spies conta a história de um advogado norte-americano recrutado para defender um espião soviético e ajudar a CIA a trocá-lo por um piloto de avião norte-americano. Que vai dar que falar, vai. Mas será bom o suficiente para ser nomeado para Melhor Filme?

O filme passou pelos cinemas portugueses em dezembro de 2015

 

Brooklyn

Saoirse Ronan transforma-se completamente em Eilis Lacey, uma jovem que, nos anos 50, decide deixar a Irlanda e o conforto da casa da mãe, em direção a Nova Iorque. A saudade inicial diminui rapidamente quando um romance arrasta Eilis para o charme inebriante do amor. A interpretação de Saoirse Ronan poderá valer-lhe uma estatueta na categoria de Melhor Atriz ou, o que é quase certo, uma nomeação.

Estreia prevista em Portugal: 14 de janeiro de 2016

Room

Como qualquer boa mãe, Ma dedica-se a manter o filho, Jack, feliz e seguro. No entanto, as suas vidas nada têm de normal. Jack e Ma estão confinados a um pequeno quarto sem janelas onde Ma criou todo um universo para garantir que Jack é capaz de viver uma vida completa e gratificante. Um filme tocante que, pela sua sensibilidade e introspecção psicológica, poderá valer um Óscar. Vencedor do People’s Choice Award em Toronto.

Estreia prevista em Portugal: 24 de março de 2016

In the Heart of the Sea

No inverno de 1820, um navio baleeiro de Nova Inglaterra foi atacado por algo inacreditável: uma baleia com um tamanho e determinação gigantescas e um sentido de vingança praticamente humano. Este drama épico, com a realização de Ron Howard e a participação de Chris Hemsworth, poderá sem dúvida ser nomeado para meia dúzia de categorias.

O filme passou pelos cinemas portugueses em dezembro de 2015

Inside Out

A Pixar já venceu 12 Óscares da Academia. Em 2016, é mais do que expectável que ganhe mais uma estatueta pelo filme Inside Out. O filme, que se foca na forma como a mente humana funciona, já é considerado o filme de animação do ano. Vários críticos de renome atribuíram-lhe 5 estrelas. Além disso, o filme consegue atrarir público de todas as idades. Já disponível em DVD e Blu-Ray.

The Lady in the Van

Este filme é sobre um homem que cria uma ligação inesperada com uma mulher idosa que vive num carro à sua porta. Dito assim, parece que o filme não tem nada de especial. Mas acrescentemos à mistura Maggie Smith, no papel principal, e aumentamos de imediato as hipóteses do filme receber alguma nomeação e até mesmo estatueta. Numa mistura de comédia e drama, o filme fala-nos de velhice e solidão.

Estreia prevista em Portugal: 28 de janeiro de 2016

Son of Saul

É muito provável que Son of Saul receba pelo menos uma nomeação para a categoria de Melhor Filme Estrangeiro, especialmente depois de ter vencido o Grand Prix em Cannes. Este filme foca-se no Holacausto de uma forma terrífica. A história é contada pela perspetiva de um prisioneiro judeu húngaro que trabalha em Auschwitz a queimar os cadáveres retirados das câmaras de gás.

O filme não passou pelos cinemas portugueses e não tinha, até à altura em que este post foi escrito, data de estreia prevista.

Creed

Adonis Johnson, interpretado por Michael B. Jordan, nunca conheceu o pai, o campeão mundial de pesos pesados Apollo Creed. Ainda assim, o boxe corre-lhe no sangue. Por isso, dirige-se a Filadélfia, localiza Rocky Balboa – cuja personagem já foi várias vezes interpretada por Sylvester Stallone – e pede-lhe que seja o seu treinador. O filme, que marca o regresso de uma personagem emblemática do cinema, pode conseguir nomeação.

Estreia prevista em Portugal: 31 de dezembro de 2015

Beasts of No Nation

A Netflix poderá ganhar, em 2016, o seu primeiro Óscar por um filme original. O filme Beasts of No Nation mostra-nos Idris Elba a interpretar um comandante brutal que contrata e treina um exército de crianças.

Já disponível na Netflix.

 

Partilhar este artigo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *