Home / Atores /

Conheça Xavier Dolan: o jovem cineasta sensação do Canadá

xavier dolan

Conheça Xavier Dolan: o jovem cineasta sensação do Canadá

Neste artigo fazemos um breve resumo da já vasta obra realizada pelo jovem cineasta canadiano. Xavier Dolan estreou-se na realização em 2009. Os seus filmes têm sido premiados em diversos festivais de cinema, o que tem contribuído para a sua reputação, levando-o a desfrutar de maior reconhecimento internacional, apesar dos seus filmes serem produzidos exclusivamente em francês.

Se, tal como nós, tem estado a seguir esta brilhante e precoce carreira ou se está curioso para aprofundar o seu conhecimento sobre este jovem ator e realizador vai certamente apreciar este post.

Xavier Dolan nasceu no ano de 1989, em Montréal, no Canadá. Iniciou-se como ator em séries televisivas e na dobragem de filmes ainda em criança. O seu primeiro sucesso internacional, J’ai Tué Ma Mère, foi apresentado em 2009, no Festival de Cannes, onde obteve três prémios. O mesmo filme foi indicado para representar o Canadá nos Prémios da Academia Norte-Americana de Artes e Ciências Cinematográficas: Xavier Dolan tinha apenas vinte anos!

Les Amours Imaginaires foi apresentado e premiado na categoria Un Certain Regard no Festival de Cannes, em 2010. O seu terceiro filme, Laurence Anyways, foi também selecionado para o Festival de Cannes, em 2012. Este filme valeu a Suzanne Clément o prémio de Melhor Actriz. Segue-se Tom à la Ferme que arrecadou também diversos prémios internacionais.

Em 2015, Dolan realizou o vídeo para a música Hello da cantora britânica Adele, que obteve um número recorde de visualizações e divulgou o seu trabalho a um público mais vasto.

Com o filme Mommy, Dolan foi novamente indicado para representar o Canadá como Melhor Filme de Língua Estrangeira nos Óscares.

Xavier Dolan: juste la fin du monde

O mais recente filme de Xavier Dolan já passou nos cinemas em Portugal e no Brasil. Nas palavras do jornalista francês Louis Guichard Juste la fin du monde é: “Um drama familiar entre quatro paredes, de uma incrível intensidade. O equilíbrio, ou o desequilíbrio, entre intensidade e ironia, exuberância e desespero, (…) está presente aqui, mas com uma outra música, como uma outra linguagem.”

O escritor Louis, que está longe de casa há doze anos, volta à sua terra-natal para comunicar à família que irá morrer em breve. Conforme o ressentimento vai rescrevendo o curso da tarde, desenrolam-se ataques e discussões, estimulados pela amargura e pelo medo, e todas tentativas de empatia são sabotadas pela incapacidade das pessoas de ouvir e amar.

O sexto filme do jovem realizador Xavier Dolan inspira-se na peça homónima escrita, em 1990, pelo francês Jean-Luc Lagarce (1957-1995) e reúne um elenco de luxo, com alguns dos mais importantes nomes do cinema francês da atualidade: Marion Cotillard, Léa Seydoux, Vincent Cassel, Nathalie Baye e Gaspard Ulliel.

Juste la Fin du Monde arrecadou já importantes distinções internacionais, particularmente o Grande Prémio do Júri na última edição do Festival de Cannes, tendo sido também indicado para representar o Canadá nos Óscares 2017.

Partilhar este artigo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *