Home / Cinema /

O melhor filme de cada ano da última década

melhor filme

O melhor filme de cada ano da última década

by Eduardo Aranha

O cinema tem vivido uma época de ouro nas últimas décadas. Todos os anos chegam grandes obras cinematográficas capazes de deixar salas de cinema lotadas. A distinção não tarda a chegar, quer sobre a forma da opinião positiva de críticos de cinema, quer na atribuição de prémios que reconhecem a excelência da película.

Atores, realizadores e equipas de produção estão sempre por detrás destes filmes. As histórias também pesam muito quando se tenta perceber se o filme é ou não bom. Ainda assim, conseguir ver todos os filmes que saem num ano acaba por ser impossível para todos nós.

Nesse sentido, decidimos reunir neste post uma lista do melhor filme de cada ano da última década para que se mantenha atualizado. Para elaborar este post baseamo-nos na lista dos Óscares para Melhor Filme. Assim, sempre que tiver um tempo livre e quiser ver um filme novo, consulte esta lista.

2000 – 2010: O melhor filme de cada ano da última década

O Discurso do Rei (2010)

discursodorei

Este é o filme que conta a história de um rei que sofria de um problema que nada lhe convinha: era gago. Nos anais da história, é hoje recordado como George VI (Colin Firth), soberano do Reino Unido durante os dias da II Guerra Mundial. Ao subir ao Trono depois da abdicação do irmão, George decidiu resolver a sua pequena falha e procurar a ajuda de Lionel Logue (Geoffrey Rush), um terapeuta com métodos pouco ortodoxos. Através de uma série de técnicas inesperadas, o filme O Discurso do Rei mostra como o rei George consegue encontrar a voz necessária para fazer um discurso histórico.

The Hurt Locker (2009)

hurtlocker

The Hurt Locker mostra-nos um retrato intenso de soldados de elite encarregados de uma das missões mais perigosas do mundo: desarmar bombas em pleno combate. O filme acompanha um novo sargento, James (Jeremy Renner), enquanto conduz uma equipa treinada de desarmamento para uma situação de vida ou morte, em plena cidade. Tendo como pano de fundo a realidade iraquiana, o filme fala sobre a precariedade da vida humana quando colocada no centro de um conflito.

Slumdog Millionaire (2008)

quemquerserbilionario

Este foi o ano em que Bollywood conquistou Hollywood. Em Slumdog Millionaire (ou Quem Quer Ser Bilionário?) Dev Patel deu vida a Jamal, um jovem adolescente de Bombaim que decide participar na versão indiana do concurso de televisão Quem Quer Ser Milionário. No final, é acusado de ter feito batota e levado para interrogatório. O resto do filme acontece em retrospetiva e leva-nos a conhecer a história de vida de um jovem pobre numa demanda por amor. Como seria de esperar, também não podia faltar música e romance. Slumdog Millionaire foi nomeado para 10 Óscares; ganhou 8, entre os quais o de Melhor Realizador e o de Melhor Filme.

Este país não é para velhos (2007)

estepaisnaoeparavelhos

Este western moderno acompanha a história de Anton Chigurh (Javier Bardem), um homem que orienta a sua vida conforme as oportunidades que surgem aleatoriamente à sua frente. Movido pela intenção de recuperar o dinheiro que Llewelyn Moss (Josh Brolin) roubou, Chigurh prepara as suas armas e tenta fazer justiça. Sem mostrar misericórdia, mata qualquer um que passe à sua frente e o tente impedir de prosseguir: seja seu rival ou uma simples testemunha que estava no local errado, na hora errada. O filme Este país não é para velhos é sangrento, bem executado e prova uma vez mais a mestria dos irmãos Coen em contar histórias.

The Departed (2006)

thedeparted

Um elenco de luxo e uma realização à altura. Estes são dois dos ingredientes que explicam o sucesso de The Departed, um filme de Martin Scorcese, protagonizado por nomes tão sonantes como Leonardo DiCaprio, Matt Damon, Jack Nicholson, Mark Wahlberg, Alec Baldwin e Vera Farmiga. No centro do enredo está um polícia com a missão de se infiltrar num grupo mafioso de Boston. Curiosamente, ao mesmo tempo que o polícia vai cumprindo a missão, há um mafioso que se vai infiltrando na polícia.

Crash (2005)

crash

Durante um período de 36 horas a vida de uma série de habitantes de Los Angeles cruza-se enquanto lidam com problemas de tensão racial. Entre os intervenientes do filme Crash encontramos um procurador caucasiano que usa a raça como jogada política; a sua esposa que foi vítima de carjacking por dois homens negros; esses mesmos dois homens, que usam a raça como desculpa para o que fazem; dois polícias que se odeiam um ao outro; e uma série de outras personagens. Um filme interessante sobre um tema que ainda dá que falar em pleno século XXI.

Million Dollar Baby (2004)

milliondollarbaby

Clint Eastwood é realizador e personagem do aclamado Million Dollar Baby. Vencedor de 4 Óscares, o filme conta a história de um homem que depois de ser afastado da filha tem grande dificuldade em se relacionar com os outros. O seu único amigo é Scrap (Morgan Freeman), um ex-lutador que trabalha num clube de box. É neste contexto que o homem conhece Maggie Fitzgerald (Hillary Swank) uma mulher com uma vida difícil, cujo maior objetivo é ser boxista profissional.

O Senhor dos Anéis: O Regresso do Rei (2003)

oregressodorei

A jornada de Frodo (Elijah Wood), iniciada em A Irmandade do Anel, chega finalmente a um fim no terceiro e último filme da trilogia O Senhor dos Anéis, da realização de Peter Jackson. Enquanto o hobbit faz o seu caminho rumo ao Monte da Condenação, apoiado no sempre leal Samwise Gamgee (Sean Astin), os restantes elementos da Irmandade lutam pelo futuro da humanidade. Na cidade de Minas Tirith preparam-se as muralhas para a mais grandiosa batalha do mundo do cinema. O Regresso do Rei é o derradeiro confronto entre as forças do bem e do mal que decide para sempre o que vai acontecer na Terra Média.

Chicago (2002)

chicago

O filme Chicago traz para o cinema, sobre a forma de história musical, a relação entre jornalistas e assessores na década de 1920.As personagens principais são duas sedutoras criminosas, interpretadas por Renée Zellweger e Catherine Zeta-Jones, que procuram a orientação de Billy Flynn (Richard Gere) para manipular a audiência e provarem que são inocentes através dos jornais. A atuação Gladiador, que reúne as criminosas da prisão de Cook County, é considerada um dos melhores momentos da história do cinema musical.

A Beautiful Mind (2001)

umamentebrilhante

Depois de Gladiador e de The Insider, Russel Crowe foi nomeado pela terceira vez consecutiva para o Óscar de Melhor Ator. Desta vez, não levou a estatueta para casa, mas A Beautiful Mind (Uma Mente Brilhante) foi granjeado com o prémio de Melhor Filme. A obra explora a história de John Nash, um matemático tão arrogante quanto brilhante. Alcançando o sucesso ainda jovem, Nash aceita um trabalho secreto para o governo dos Estados Unidos e torna-se criptógrafo. É então que a sua vida dá uma volta de 180 graus e entra numa espiral depressiva.

Gladiador (2000)

gladiador

Maximus é um poderoso general romano adorado quer pelo povo, quer pelo velho Imperador Marcus Aurelius. O amor é tal que, no seu leito de morte, o Imperador dá ordens para que seja Maximus a herdar a sua posição e não o filho, Commodus. Mas Commodus age mais rápido e o general Maximus, e toda a sua família, são condenados à morte. Incapaz de salvar a mulher e os filhos, Maximus torna-se então Gladiador e luta pelo rumo à vitória, esperando estar de novo frente a frente ao homem que arruinou a sua vida.

   

Share this article

Comments

  • Daniel Bapatista
    21 Setembro, 2015

    Ideia muito boa, e muito bem escrito, parabéns!
    Só tenho um problema com o facto de se cingir apenas aos filmes que venceram o Oscar… Se 00 e 02 creio que não haver contestação, existem anos que o Oscar claramente não foi para o melhor filme do ano, 2002 por exemplo (O Pianista ou Cidade de Deus)

    • Eduardo Aranha
      Eduardo Aranha
      22 Setembro, 2015

      Olá Daniel Bapatista,
      Antes de mais, muito obrigado pelo seu comentário! De facto, ao traçarmos um plano para escrever este artigo tivemos alguma dificuldade em definir um critério que nos ajudasse a identificar “os melhores filmes”. Os filmes dos Óscares pareceu-nos o melhor.
      Cumprimentos

  • 25 Janeiro, 2016

    Apesar do critério ser seletivo, toda organização fílmica é sempre bem vinda pois é um universo muito grande para tentarmos abranger de forma simplista. Obrigada pela seleção.

  • 07 Maio, 2016

    Ótima lista. Um ou outro filme poderia ser trocado, mas varia de acordo com o gosto de cada pessoa.
    Veja também uma lista interessante em nosso blog.

    10 filmes clássicos que todo mundo deveria ver.
    http://www.vidaociosa.com.br/2016/04/10-filmes-classicos-que-todo-mundo.html

    Adorei o blog!

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *