Home / Atrizes /

Sasha Grey: a atriz que quis ir para Hollywood… fazer filmes adultos

Sasha Grey: a atriz que quis ir para Hollywood… fazer filmes adultos

 

Sasha Grey é sem dúvida um nome polémico no universo do cinema. Nascida e criada em North Highlands, na Califórnia, nasceu a 14 de março de 1988 no seio de uma família trabalhadora e simples: a mãe trabalhava para uma organização pública enquanto o pai desempenhava funções como mecânico. O casamento dos pais, no entanto, não durou muito. Com 5 anos, Marina Ann Hantzis – como foi chamada pelos pais – assistiu à separação da família e ficou entregue à mãe que, eventualmente, voltou a casar.

Entretanto, a infância e adolescência de Sasha Grey é hoje relembrada como um período conturbado: passou por mais de quatro escolas na localidade de Highlands High e relembra que em nenhuma dessas instituições de ensino se sentia feliz. Aos 17 anos terminou, finalmente, os estudos e entrou no Sacramento City College para estudar cinema, dança e representação. A par com os estudos mantinha um emprego a servir mesas que lhe permitiu juntar cerca de 7 mil dólares para concretizar um dos seus sonhos: mudar-se para Los Angeles.

Em Los Angeles, Sasha Grey procurava tornar-se uma estrela de cinema e viver o sonho de Hollywood como muitos outros que foram levados até ás colinas de Los Angeles com o mesmo desígnio. Todavia, o objetivo de Sasha era muito concreto: enveredar pelo universo cinematográfico da pornografia.

É aqui que se inicia toda uma revolução à sua personalidade e que define a sua carreira. O nome Marina é substituído por Sasha, em homenagem a Sascha Konietzko da banda musical KMFDM e o apelido Hantzis por Grey, uma referência ao livro de Oscar Wilde.

Sasha Grey: da indústria porno à literatura

No mundo da pornografia, inicia-se com o ator Roccon Sifreddi e o realizador John Stalgiano, que a ajudam a construir uma reputação para si mesma no mercado. Em 2007 e 2008, a sua filmografia aumenta e recebe então prémios da AVN – Adult Movie Awards. Em 2011, foi considerada uma das 12 estrelas mais populares do universo da pornografia.

 

Esta carreira, que fez de Sasha Grey conhecida em todo o mundo – Sasha chegou mesmo a participar num programa polémico na televisão nacional, onde foi entrevistada por Tyra Banks – terminou em 2012, quando a atriz se reformou deste tipo de cinema.

Ao longo dos últimos anos, Sasha Grey tem defendido a sua escolha de carreira e a própria indústria. Além disso, já participou também em filmes mainstream, como foi o caso do filme The Girlfriend Experience, realizado pelo vencedor de um Óscar de Melhor Realização, Steven Soderbergh e que nos mostra a vida de uma prostituta de luxo nas vésperas das presidenciais norte-americanas.

No que toca a televisão, Sasha Grey entrou também na série Entourage da HBO, onde protagonizou uma personagem inspirada em si mesma. Entretanto, a atriz envolveu-se também na indústria musical, formando em 2008 uma banda com o seu ex-namorado Ian Cinnamon e Sveio.

E, fora o cinema e a música, também marcou a sua presença na literatura, lançando em 2011 um livro fotográfico com o título Neü Sex e, dois anos mais tarde, um romance erótico intitulado The Juliette Society.

 

Partilhar este artigo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *