Home / Cinema /

Cinema e Streaming: a difusão da Sétima Arte no Mundo moderno

Cinema e Streaming: a difusão da Sétima Arte no Mundo moderno

Desde a década de 1960, os festivais de cinema são uma referência de evento em que é possível encontrar entusiastas de uma das formas de entretenimento mais populares e queridas do mundo. Com propostas de debates que passeiam por roteiros e caminhos estéticos e ideológicos, os festivais de cinema conquistam não somente pela seleção de filmes, mas também pela carga cultural que é oferecida a seus frequentadores.

Inspiração histórica

O cinema reúne fãs de todas as idades e gostos com suas histórias e inspirações. A primeira sessão de cinema aconteceu por meio da idealização dos irmãos Lumiére, em 1895, em Paris.

Somente um ano depois de sua grande estreia, o cinema deu às caras pela América Latina, abrindo portas para a produção cinematográfica regional e para que os países latino-americanos pudessem mostrar a maneira como desempenham essa arte. As práticas cinematográficas argentina, brasileira e mexicana, que despertaram o interesse do mundo em desfrutar das paisagens latino-americanas em produções maiores, produzem conteúdos de alta qualidade.

As mostras e festivais de cinema funcionam como uma grande vitrine da produção audiovisual, com a capacidade de promover nomes de destaque e, é claro, novas promessas do mercado, gerando oportunidade às obras e aos idealizadores que nem sempre entram no circuito comercial.

Em eventos de temática internacional, como festivais latino-americanos, os espectadores têm a chance de conhecer novas culturas, o que acaba por incentivar o turismo.

Para ver de perto

No Brasil, como já ressaltamos, há festivais que contam com produções cinematográficas de excelência. A depender do que você busca, é possível encontrar o que ver e onde em diversas cidades brasileiras.

Por exemplo, se gosta de documentários, o Festival Internacional de Documentários pode ser uma boa pedida para quem está em São Paulo. Mas, se você mora na Cidade Maravilhosa, o Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro – Curta Cinema qualifica os vencedores para indicação ao Óscar da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos.

A cultura do cinema na América Latina é bem difundida, embora algumas vezes ofuscada pelo cinema hollywoodiano. Isso não quer dizer que a indústria latino-americana peque em qualidade – muito pelo contrário.

Para quem estiver com viagem marcada para os países deste lado do mundo, vale a pena conferir as datas dos festivais para uma dose extra de entretenimento. Na Argentina, há o Festival Internacional de Cinema Independiente de Buenos Aires, que pode render novas formas de olhar o mundo, renovando nossa perspectiva.

Se a curiosidade bateu à sua porta, neste final de 2019 ainda é possível conferir dois eventos bastante prestigiados dentre os amantes da sétima arte. Se você estiver, por acaso, passando por Bogotá (Colômbia) entre os dias 16 e 22 de outubro, o Festival de Cinema de Bogotá estará apresentando filmes selecionados, como os longas Scopophilia e Amalia e o documentário También hablan, que fala sobre filhos de famílias homoparentais, além de animações e muito mais.

Também há tempo de conferir a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, que acontece entre 17 e 30 de outubro e ocupa locais de grande prestígio na cidade de São Paulo, como o Theatro Municipal e o MASP.

Streaming: uma ameaça ao cinema?

Os festivais e mostras acontecem em um tempo em que a forma como as pessoas buscam por entretenimento audiovisual está em fase de ajustes. Formas de apresentação audiovisual em streaming estão cada vez mais populares e, querendo ou não, acabam reduzindo as visitas aos cinemas.

No entanto, não há muito o que se possa fazer a respeito, pois o streaming já é um dos meios mais populares de acesso ao entretenimento e vem alcançando cada vez mais adeptos. A força das plataformas de streaming é tão intensa que até mesmo ferramentas de gerenciamento de contas de plataformas variadas de streaming, como a Roku, estão disponíveis.

O streaming vem como um facilitador ao acesso das produções de cinema, principalmente às cidades mais afastadas, que não contam com salas de projeção.

Plataformas como Netflix e Amazon Prime Vídeo levam a indústria do cinema para dentro de casa a um clique. Essa evolução, aliás, não caminha somente no mercado audiovisual, mas na indústria do entretenimento como um todo.

Um exemplo disso é a indústria da música, que conta com plataformas de streaming como Spotify e Deezer para alcançar cada vez mais pessoas. A tecnologia de streaming também é utilizada em plataformas como a da Betway casino online.

É graças a ela que o público pode vivenciar uma experiência como a que se tem em um casino de verdade, jogando clássicos como blackjack e roleta em vídeos de alta definição. Outro ramo que se beneficia da tecnologia de streaming é o de eSports, área que encontra grande popularidade atualmente. É possível assistir, via live streaming e em plataformas como a Twitch, aos torneios de eSports, que são, na verdade, megaeventos.

Como podemos ver, o alcance das plataformas de streaming é imenso e confere aos espectadores a liberdade de escolha do conteúdo, o que aumenta as chances de a indústria do entretenimento angariar cada vez mais fãs em suas respectivas áreas de atuação. Independentemente do formato de entretenimento escolhido, há uma infinidade de plataformas de streaming a postos para oferecer aos consumidores o conteúdo mais variado possível.

 

ARTIGOS RELACIONADOS

     

Partilhar este artigo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *