Home / Cinema /

Icónicos sem dúvida, mas continuam a ser filmes sem Óscares

Icónicos sem dúvida, mas continuam a ser filmes sem Óscares

by Tiago Leão

Todos os cinéfilos sabem que, quando se chega ao mês de fevereiro, se inicia a contagem decrescente para a cerimónia dos Óscares. Nesse mesmo evento, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas – fundada em 1927, em Los Angeles – premeia aqueles que foram os melhores filmes realizados no ano anterior. As estatuetas douradas são entregues em múltiplas categorias, que vão desde a realização à interpretação dos atores, sem pôr de lado ainda as componentes mais técnicas e cenográficas.

Nas semanas que antecedem a este evento, é muito comum até que os fãs de cinema façam maratonas cinematogtáficas de todos os filmes que estão nomeados. Este é um desafio pessoal de forma a que possamos “eleger” aqueles que deverão ser os vencedores da noite e verificar, ao longo da cerimónia, se os nossos palpites estavam certos e são os mesmos da Academia.

Porém, aqueles que aparentam ser os grandes vencedores de uma noite dos Óscares são, por vezes, completamente arrassados, chegando a deixar a cerimónia sem levar sequer uma estatueta. Que o diga, por exemplo, Leonardo DiCaprio, Alfred Hitchcock ou até mesmo David Lynch.

Neste post, falamos por isso dos Óscares mas sob uma perspetiva diferente: nomeamos 10 filmes que, surpreendentemente, nunca ganharam um Óscar. Trata-se de uma lista com títulos marcantes, alguns deles verdadeiros clássicos do cinema, mas que da parte da Academia não receberam mais do que uma nomeação.

Top 10 dos filmes sem Óscares

Os Condenados de Shawshank

Os-Condenados-de-Shawshank

Inspirado num romance de Stephen King, o filme The Shawshank Redemption tem como foco principal a história de dois homens, encarcerados há anos numa prisão, que se relacionam entre si e prometem não desistir de ter esperança. Com um enredo fascinante, a história do filme diverge do enredo do livro, apresentando-nos um final mais feliz, se assim o podemos dizer. O filme esteve nomeado para 7 Óscares, incluindo Melhor Filme e Melhor Ator Principal, mas acabou por ser o grande derrotado da cerimónia dos Óscares de 1995.

Do Céu Caiu uma Estrela

do-céu-caiu-uma-estrela

O filme Do Ceú Caiu uma Estrela é um clássico norte-americano e transmitido todos os anos na época do Natal. A história anda à volta de um espírito que, recebendo a oportunidade para se tornar anjo, ganha asas e recebe uma missão: ajudar um empresário honesto que, na sequência de um grave problema financeiro, provocado por um banqueiro corrupto, tem intenção de se suicidar. O filme tem como pano de fundo o contexto natalício. Com 5 nomeações, entre as quais a de Melhor Filme, Melhor Ator e Melhor Realizador, o filme acabou por não levar nenhum Óscar para casa, em 1947.

A Laranja Mecânica

a-laranja-mecânica

Numa futura Grã Bretanha, o carismático deliquente Alex DeLarge é preso e voluntaria-se para servir como cobaia para uma terapia experimental de aversão desenvolvido pelo governo. A ideia é que tal terapia seja capaz de resolver o problema de criminalidade que afeta a nação. No entanto, o plano acaba por não ir de acordo com o que estava programado. O filme, que conta com uma das cenas mais horripilantes da história do cinema, esteve nomeado para 4 Óscares mas, na cerimónia de 1972 da Academia, não recebeu nenhuma estatueta. Ainda assim, continua a ser recordado como um clássico cinematográfico.

Mulholland Drive

Mulholland-Drive

A história deste filme começa quando uma mulher é atacada por um assassino profissional. Por sorte, ambos sofrem um acidente de carro na Avenida Mulholland em Hollywood e apenas a mulher sobrevive. Após andar até Los Angeles, entra num apartamento recentemente desocupado por uma mulher ruiva. As duas mulheres acabam por ser arrastadas para uma conspiração psicótica de ilusões que envolve uma caixa azul, um estranho realizador de cinema e o misterior club noturno Silencio. O filme esteve nomeado para o Óscar de Melhor Realizador, mas David Lynch não o recebeu. A estatueta ainda está para vir para este realizador que conta já com 4 nomeações.

A Grande Evasão

a-grande-evasão

Baseado numa história verídica, o filme A Grande Evasão conta a história de um grupo de prisioneiros de guerra que, após terem escapado da prisão, são novamente detidos e colocados num campo à prova de fuga. O líder deste bando decide, no entanto, que é possível fugir. A primeira metade do filme concentra-se por isso na escavação de túneis e na forma como os prisioneiros dão a volta aos guardas prisionais. A segunda parte mostra o grupo de fugitivos na sua tentativa de deixar a Europa em período de guerra. Este filme, considerado um clássico do cinema, recebeu uma nomeação numa categoria técnica e, mesmo assim, nessa essa estatueta conseguiu levar para casa.

A Árvore da Vida

a-árvore-da-vida

Este filme conta uma história impressionante sobre uma família texana nos anos 1950. Centrando-se no filho mais velho desta família, chamado Jack (interpretado por Sean Penn), o filme mostra a jornada da personagem desde o momento em que perde a inocência da infância até crescer para se tornar um adulto complexo que procura entender-se com o seu pai. Um filme que nos faz pensar na nossa inclusão no mundo moderno e que procura resposta para a origem do homem e para o sentido da nossa vida. O filme esteve nomeado para 4 Óscares mas não recebeu nenhum.

O Lobo de Wall Street

The-Wolf-of-Wall-Street

Este é um filme brutal que nos leva até mais fundo ao turbilhante mundo das ações financeiras. Inspirado em factos verídicos, este filme mostra-nos o percurso de Jordan Belfort desde o momento, em 1987, em que se torna corretor de ações, até ao momento em que comete uma das maiores fraudes da história de Wall Street. Nomeado para 5 Óscares, entre os quais o de Melhor Relalização (Martin Scorcese) e Melhor Ator Principal (Leonardo DiCaprio), o filme acabou por deixar a cerimónia dos Óscares de 2014 sem receber uma vitória.

A Janela Indiscreta

a-janela-indiscreta

A Janela Indiscreta é, juntamente com Psycho, um dos maiores ex-libris da obra de Hitchcock. Sobre a história, já não há muito mais a dizer: um fotógrafo numa cadeira de rodas usa a máquina fotográfica para vigiar os seus vizinhos através da janela do seu apartamento. Ao fim de algum tempo, convence-se de que um deles cometeu um assassinato. A ideia inovadora valeu a Rear Window vários prémios e uma posição entre os filmes mais marcantes da história do cinema… Mas não um Óscar. Apesar de ter recebido 4 nomeações, o filme de Hitchcock não recebeu nenhuma estatueta dourada.  Já agora, relembramos que o realizador também nunca foi distinguido com Melhor Realização, apesar de ter estado nomeado 5 vezes para a categoria.

A Cor Púrpura

a-cor-purpura

O filme a Cor Púrpura segue a vida de Celie Johnson e a sua luta, no início dos anos 1900. A abertura mostra-nos a personagem principal, com 14 anos, a dar à luz o seu segundo filho – cujo pai é, na verdade, o pai de Celie. O pai tira-lhe o filho mal nasce e diz-lhe para nunca contar a ninguém sobre o sucedido. O filme prossegue, mostrando-nos mais 30 anos da sua dura vida. O filme, que contou com a realização de Steven Spielberg e a incrível interpretação de Whoppi Whilberg esteve nomeado para 11 categorias e foi sem dúvida o grande derrotado da cerimónia, uma vez que não levou para casa nem uma estatueta.

Psycho

psycho

Trata-se do trabalho mais conhecido de Hitchcock e não é por mero acaso. Quem não conhece a emblemática cena do chuveiro, no qual a personagem principal do filme é violentamente assassinada a meio da história? O enredo começa com Marion Crane, que recebe 40 mil dólares que o seu patrão lhe pede para depositar no banco. Porém, Marion decide usar o dinheiro para começar uma nova vida com o seu amante Sam. Ao longo da sua fuga para a Califórnia, decide passar uma noite num hotel gerido por Norman Bates, uma figura solitária que vive à sombra das ameaças da mãe. É aí que a personagem principal é assassinada. Mas o mistério paira no ar: quem é o assassino? A revelação chocante só acontece nos últimos minutos de Psycho. Também nomeado para 4 Óscares, o filme não foi galardoado nesse ano

   

Share this article

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *