Home / Atores /

10 Curiosidades sobre os atores que já venceram Óscares

10 Curiosidades sobre os atores que já venceram Óscares

 

Há uma noite, algures em Fevereiro, que é sempre muito aguardada pelos amantes de cinema. Nas semanas que se antecedem, corremos para as salas de cinema para ver os grandes títulos que estão nomeados, discutimos com os nossos amigos entre baldes de pipocas e fazemos as nossas apostas sobre quem vai levar para casa a estatueta de melhor filme.

Estou a falar, naturalmente, dos Óscares. Considerados como os prémios do cinema mais importantes da atualidade, os Óscares distinguem todos os anos aquilo que de melhor se faz no mundo da sétima arte. Entregues pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Los Angeles, as estatuetas (e todo o universo que as envolve) geram um verdadeiro frenesim mediático. Mais ou menos críticos, não há quem não eleja um filme ou ator favoritos.

Neste post, decidimos por isso visitar os bastidores dos Óscares para encontrar algumas das curiosidades esquecidas, ou simplesmente escondidas, sobre os atores mais destacados nesta cerimónia.

Mais do que uma homenagem ao cinema, os Academy Awards distinguem atores e o respetivo contributo na exploração das fronteiras da sétima arte. Entre estreantes e velhos conhecidos do público, os Óscares conseguem a proeza de colocar na mesma sala grandes nomes que estamos habituados a ver no ecrã das salas de cinema. Vejamos algumas curiosidades.

Curiosidades que marcaram os Óscares 

 As nomeações de George Clooney

Sozinho ou em grupo, George Clooney arrecadou já 8 nomeações para os prémios Óscar. Dessas nomeações, foi distinguido como Melhor Ator Secundário em Syriana, e participou em Argo, o melhor filme de 2013. Até aqui, nada de novo. Todavia, o que nem todos sabem é que Clooney conseguiu a proeza de estar nomeado em diferentes categorias. Além de ator, o norte-americano já foi indicado para melhor realizador e melhor guionista.

O papel mais curto a merecer um Óscar

Podia ser o Óscar para Papel Mais Curto, mas em vez disso era um prémio para melhor atriz. Com o filme de 1976, Escândalo na TV (cujo titulo original é Network), Beatrice Straight conseguiu a proeza de ganhar o Óscar de Melhor Atriz Secundária com apenas 5 minutos e 40 segundos no ecrã.

A atriz que mais Óscares levou para casa

Sabe qual a atriz que mais estatuetas tem em casa? Provavelmente, a pessoa que lhe vem imediatamente à cabeça é Meryl Streep. Com um total de 19 nomeações, a atriz é de facto uma presença assídua na cerimónia, ocupando a posição de mais nomeada de sempre. Todavia, não é ela que tem o record do maior número de estatuetas vencidas. Em primeiro lugar está Katharine Hepburn, com 4 vitórias.

Os prémios de Walt Disney

No masculino, o homem que mais Óscares levou para casa é nada mais, nada menos do que o produtor, realizador e ator, Walt Disney. Ao todo, foram 22 vitórias distribuídas por diferentes categorias, desde Melhor Produtor a Melhor Curta de Animação. Filmes como Rato Mickey, de 1932, Branca de Neve e os 7 Anões, de 1939, e Fantasia, de 1940, valeram-lhe um lugar na lista dos Óscares Honorários.

O mesmo papel, dois Óscares

 

Separados por dois anos, O Padrinho I e o Padrinho II, de 1972 e 1974, respetivamente, mereceram ambos a vitória na categoria de Melhor Ator Principal. As versões mais nova e mais velha do mesmo personagem, o poderoso líder da máfia Vito Corleone, valerem a Marlon Brando e Robert De Niro (que desempenharam o mesmo papel em alturas diferentes) a distinção como os melhores do meio desses anos.

As nomeações de Woody Allen

Woody Allen é o realizador que reúne um maior número de nomeações para os Academy Awards. Só para Melhor Argumento Original foram 16, mas há mais. Cruzando várias áreas, Allen foi também nomeado nas categorias de Melhor Ator, Melhor Conquista na Realização.

A mais jovem atriz a receber Óscar

Na cerimónia dos Óscares, em 1974, a atriz Tatum O’Neal (então com apenas 10 anos), recebeu o prémio de Melhor Atriz Secundário no filme Lua de Papel. Mais recentemente, a atriz Quvenzhané Wallis, do filme Bestas do Sul Selvagem, esteve também indicada para a categoria e, com apenas 9 anos, quase roubou a coroa a Tatum O’Neal, apesar de não ter conseguido.

7 nomeados falsos

Por vezes, houve nomeações sob nomes falsos, mais precisamente pseudónimos artísticos. Um desses casos diz respeito a Roderick Jaynes, um nomeado que era na verdade constituído por duas pessoas, os irmãos Joel e Ethan Coen. Ao longo da história dos Prémios da Academia, sucederam-se outros 6 casos semelhantes.

O Óscar que ganhou um Óscar

Ao longo da história da Academia só houve um Óscar a ganhar um Óscar. O momento aconteceu em 1942, quando o compositor Oscar Hammerstein II ganhou o prémio pela canção The Last Time I Saw Paris, do filme Lady Be Good (1941).

Marlon Brando recusa prémio de Melhor Ator

Marlon Brando fez muitas propostas irrecusáveis no êxito The Godfather, mas recusou-se a receber o Óscar de Melhor Ator Principal quando lhe foi atribuído, em 1972. Num dos momentos mais marcantes da história da Academia, Brando fê-lo para demonstrar o seu descontentamento à forma como a figura indígena estava a ser retratada na televisão e cinema. Apesar de não ter marcado presença na cerimónia, Marlon Brandon enviou em sua representação a ativista índia Sacheen Littlefeather.

 

Partilhar este artigo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *