Home / Atores /

Vin Diesel: mais do que músculos e carros a toda a velocidade

vin diesel

Vin Diesel: mais do que músculos e carros a toda a velocidade

Vin Diesel é hoje bem conhecido por protagonizar a saga de filmes de acção Fast and Furious (Velocidade Furiosa). Nascido a 18 de julho de 1967, em Nova Iorque, Vin Diesel – que na verdade se chama Mark Sinclair – não veio sozinho: com ele veio o irmão gémeo Paul. Nos anos que se seguiram, as duas crianças foram criadas pela mãe Delora e pelo padrasto, Irving H. Vincenent, uma vez que o pai biológico se tinha separado da mãe antes de os filhos nascerem.

A paixão pelas artes cénicas apareceu muito cedo e não é difícil perceber porquê. O padrasto de Vin Diesel era, na verdade, um professor de teatro e incutiu esse interesse no enteado. Assim, quando tinha apenas 7 anos, o jovem Mark começou a fazer teatro. Como contou mais tarde em entrevista à Entertainment Weekly, o ator diz que sempre soube que seria uma estrela de cinema, mesmo em criança.

A adolescência foi dividida entre os estudos e produções teatrais até começar a trabalhar como segurança de discotecas. Uma vez que este era um trabalho que fazia à noite, tinha o dia livre para procurar audições para filmes e peças de teatro e estudar Inglês no Hunter College, em Nova Iorque.

É então que Vin Diesel, tendo em vista o estrelato e todas as portas que a Sétima Arte lhe poderia abrir, decide desistir da universidade para criar o seu próprio filme, com o título Multi-Facial. Nesta curta-metragem que foi escrita, produzida e realizada pelo ator, é-nos mostrado um ator que está disposto a representar qualquer etnicidade para conseguir um emprego no mundo de cinema. O filme foi aceite e exibido no festival de Cannes em 1995, conseguindo assim para Diesel o sucesso que tanto almejava.

Vin Diesel: uma carreira a uma “velocidade furiosa”

Da sua curta-metragem Diesel passa para o filme Strays, uma vez mais realizado, escrito e protagonizado pela sua pessoa e onde aparecia no ecrã na pele de um duro traficante de drogas que faz de tudo para aprender a lidar com intimidade emocional. Uma vez mais, este foi um filme que fez êxito nos festivais de cinema, merecendo exibição no Sundance Film Festival em 1997.

É desta forma que Steven Spielberg percebe o talento deste ator e o chama para entrar no famoso filme Saving Private Ryan, de 1998, que nos leva de novo até à Segunda Guerra Mundial. Apesar do papel ser secundário foi suficiente para que o ator conseguisse papéis noutros grandes filmes, como o thriller Pitch Black, em 2000, cuja personagem interpretada recebeu na verdade os seus próprios filmes: As Crónicas de Riddick (2004) e Riddick (2013).

Mas de todos os filmes que Vin Diesel fez é óbvio que aqueles pelo qual é realmente conhecido são os da saga Fast and the Furious. Nesta saga, Diesel vive a personagem de Dominic Toretto, um corredor de carros que é alvo de uma investigação por parte de um polícia à paisana, interpretado pelo falecido ator Paul Walker. Até hoje mantém o papel, realizados já 7 filmes e estando o 8.º filme em fase de produção.

Em 2014, Vin Diesel entra no filme Guardiães da Galáxia emprestando apenas a sua voz para animar a personagem Groot. Em 2015 viveu ainda a conhecida personagem dos videojogos The Last Witch Hunter, um caçador de bruxas, na adaptação cinematográfica do jogo. No ecrã juntou-se a Michael Caine e Elijah Wood para protagonizar este filme que, no entanto, não foi muito aplaudido pelos críticos e ficou aquém das expectativas no que toca a bilheteiras.

Vin Diesel, apesar de não ser casado, mantém uma relação longa com a modelo mexicana Palmoma Jimenez com quem teve até à data três filhos: Hania Riley, Vincent e Pauline, tendo sido a sua filha mais nova batizada em memória de Paul Walker, o autor com quem protagonizava os filmes Fast and Furious e que morreu em 2013 na sequência de um acidente rodoviário.

Partilhar este artigo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *