Home / Cinema Europeu /

O Cineclube do Porto e a DRCN oferecem cinema ao ar livre nos jardins da Casa das Artes

O Cineclube do Porto e a DRCN oferecem cinema ao ar livre nos jardins da Casa das Artes

Amazon Prime
     

Todas as quartas-feiras de Agosto às 22h há cinema ao ar livre no Porto. Num ano em que faz mais sentido que nunca, o Cineclube do Porto faz férias em casa. Pelo segundo ano consecutivo AS NOITES DE BORIS vão ter lugar nos jardins da Casa das Artes. A partir de dia 5 de agosto, a programação ao ar livre é dedicada mais uma vez ao formato da curta-metragem.

O programa começa com a exibição de três curtas de três realizadoras, numa celebração do cinema português no feminino.

Na semana seguinte, quarta-feira dia 8, será exibida uma seleção de filmes da Casa da Animação e do Festival de cinema de animação OLHO com a exibição de curtas-metragens de cinema de animação cujo a temática é “mundos admiráveis”.

No dia 19 de agosto e como já vem sido habitual, pode ser visto uma pequena antecipação do BEAST – festival internacional de cinema da Europa de Leste, adiado para 2021.

As Noites de Boris encerram com uma sessão dedicada a Fernando Pessoa, com a exibição da curta-metragem de Eugène Green “Como Fernando Pessoa salvou Portugal” e a curta-metragem “Boca do Inferno” de Luís Porto, filmada na cidade do Porto e que contará com a presença do realizador.

A entrada é livre mas condicionada ao levantamento de bilhete.*

 

Programação completa AS NOITES DE BORIS do Cineclube do Porto de agosto 2020

Quarta-feira, 5 agosto | 22h

TRÊS CURTAS, TRÊS REALIZADORAS PORTUGUESAS

DIA DE FESTA

Sofia Bost – 2019 | 17’

Mena vive sozinha com a filha, Clara, que faz hoje 7 anos. Enquanto lhe prepara uma festa de aniversário, tarefa que executa com dificuldades financeiras e a contragosto, Mena recebe um telefonema da mãe que a deixa perturbada.

 

RUBY

Mariana Gaivão – 2019 | 25’

O canto da madrugada desce a montanha queimada, ecoando no xisto de uma aldeia portuguesa. Ruby desperta e ergue-se na meia luz. No exterior, o seu cão Frankie fugiu. Filha de dois mundos, aquele que os pais ingleses deixaram para trás e a terra portuguesa que a viu crescer mas que ainda lhe chama estrangeira, Ruby move-se entre as fronteiras de ambos, sem pertencer a nenhum. A sua melhor amiga, Millie, irá regressar a Inglaterra, e o fim da infância de ambas encontra-se com o fim de um dia quente de Verão.

 

CÃES QUE LADRAM AOS PÁSSAROS

Leonor Teles – 2019 | 21’

As aulas terminaram e sente-se uma azáfama no ar. Os turistas enchem as ruas e os cafés do Porto. O velho e decadente é agora vendido como ponto alto da gentrificação. Vicente pedala pela cidade montado na sua Órbita azul e observa a transformação urbana a cada dia que passa. O Porto já não é o mesmo e ele também não. Entre família e amigos, Vicente vive com expectativa os primeiros dias de férias, que trazem a promessa de mudança e a incerteza de uma vida nova.

 

Quarta-feira, 12 agosto | 22h

MUNDOS ADMIRÁVEIS uma programação conjunta da Casa da Animação com o Festival de cinema de animação OLHO.

 

O PECULIAR CRIME DO ESTRANHO SENHOR JACINTO

Bruno Caetano  – Portugal, França | 2019 | 11’

Filme baseado no conto de Manuel Ruas Rosa. Numa cidade onde a natureza foi proibida, o pequeno crime de um homem simples desencadeia consequências inesperadas.

 

LUMINARIS

Juan Pablo Zaramella  – Argentina | 2011 | 6’

Num mundo em que a luz impera e marca o ritmo da vida, um homem comum tem um plano que pode mudar o rumo das coisas.

 

O HOMEM QUE TINHA MEDO DE CAIR

Joseph Wallace  – UK | 2011 | 4’

A vida de Ivor ficou virada de pernas para o ar depois que um vaso de plantas despoletou uma série de reações paranóicas.

 

NADA ACONTECE

Michelle e Uri Kranot – FR/DN | 2017 | 12’

Está muito frio na periferia da cidade. No entanto, as pessoas reúnem-se. Observo-as a formar uma fila no horizonte. Esperamos que algo aconteça. No entanto, nada… Viemos juntos para testemunhar algum evento. Para participar num espectáculo. Para vermos e sermos vistos.

 

 

GUAXUMA

Nara Normande  – FR/BR | 2018 | 14’

Eu e a Tayra crescemos juntas na praia de Guaxuma. Éramos inseparáveis. O sopro do mar traz-me boas lembranças.

 

BANG BANG!

Julien Bisaro  – FR | 2014 | 11’

É a abertura da temporada de caça. E também o aniversário de Éda: 25 anos. Para festejar, o pai oferece-lhe um apartamento que acaba por ser tomado pela justiça. Feliz aniversário! Desesperada, Éda foge. Ela pega o carro, corre, corre muito. Quando um cão vermelho lhe aparece à frente, iluminado pelos faróis, dá-se um acidente. Assustada com o animal estranho, ela corre para a floresta onde o seu pai lidera a caça. Presa entre presas, Éda não tem outra escolha a não ser enfrentá-lo.  

 

Quarta-feira, 19 agosto | 22h

BEAST WARM UP uma programação do BEAST Festival Internacional de Cinema dedicado ao cinema da Europa de Leste.

 

THE HEADLIGHT

Ionut Gaga –  Romania | 2017 | 15’

Deus defende que ainda existem homens honestos no mundo, mas o Diabo discorda. Uma aposta no valor de dez mil almas é feita. Essas almas ficarão suspensas no equilíbrio dos altíssimos princípios morais de Radu Iovan. Com pressa para se encontrar com a sua filha que está a deixar o país, é mandado parar por causa de um farol fundido.

 

THE SON 

Hristo Simeonov – Bulgaria | 2015  | 29’

Uma história sobre a vida de um rapaz cigano que vive com a sua família numa velha caravana no interior da Bulgária, onde tem de compensar a ausência do seu pai.

 

THE NEST

Kristína Schnirzová – Slovakia | 2017 |27’

Na vida de todos os pais, chega um momento em que devem enfrentar o medo de estarem sozinhos. O Ninho é uma tragicomédia e um retrato íntimo de um casal envelhecido que vive endividado e repara a sua casa na esperança de que os seus filhos voltem a viver com eles um dia.

 

Quarta-feira, 26 agosto | 22h

HERÓI: PESSOA

 

COMO FERNANDO PESSOA SALVOU PORTUGAL

Eugène Green – PT/FR/BG | 2018 | 27’

Nos anos 1920, a pedido de um dos seus empregadores, o poeta Fernando Pessoa cria um slogan publicitário para a bebida Coca-Louca, que cria o pânico no seio do governo autoritário da altura.

 

BOCA DO INFERNO

Luís Porto – PT | 2019 | 38’

Um reservado poeta português e um exuberante ocultista inglês encontram-se na Lisboa de 1930. Quando o último desaparece, um detective inglês começa uma investigação minuciosa: terá sido realmente um suicídio, como noticiado? Ou um homicídio? Esta é a história real do breve encontro entre Fernando Pessoa, Aleister Crowley e Hanni Larissa Jaeger .

Os bilhetes poderão ser levantados a partir das 20h30 do dia da sessão | Abertura de portas às 21h | 80 lugares sentados, mais 30 disponíveis na relva | Em caso de chuva, as sessões terão lugar no interior da Casa das Artes, na Sala Henrique Alves Costa.

 

organização: Cineclube do Porto + DRCN

 parceiros programação: Casa da Animação + Festival OLHO + Festival BEAST 

+ info: https://cineclubedoporto.wordpress.com

 

ARTIGOS RELACIONADOS

     
 

Partilhar este artigo

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *